Loading...

fevereiro 19, 2010

Manual BPF Balas Itabira

Estou acompanhando uma fabrica de balas em Atílio Vivácqua - ES, onde tive o prazer de estar em agosto de 2009 e desde então sou o consultor da empresa para os aspectos de qualidade, produção, formulação e desenvolvimentos de novos produtos. Destaque especial para a bala de Coco Queimado com flocos de coco queimado, é realmente uma delícia, a bala de Tamarindo, um espetáculo, prá este semestre a diretoria das Balas Itabira já está preparando o lançamento das balas geladas: Menta, Eucalipto, Hortelã e Cereja.

fevereiro 13, 2010

ISO / TS 22002-1:2009



Deveríamos ter mais cuidados com os alimentos que colocamos em nossas mesas no dia-a-dia, isto porque muitas vezes não imaginamos os riscos potenciais para a nossa saúde que os alimentos podem oferecer caso sejam processados, estocados e distribuídos de uma maneira inadequada.  As Boas Práticas de Fabricação também é de nossa responsabilidade enquanto consumidores, nós estamos no final da cadeia alimentar e não podemos ignorar os perigos na manipulação doméstica dos alimentos, assim todos os cuidados devem ser tomados afim de se evitar transtornos e conseqüências indesejáveis à nossa saúde.  As indústrias são obrigadas a manter em linhas de produção, dispositivos ou meios e/ou procedimentos, assegurando que os alimentos estão sendo processados isentos de contaminações, sejam físicas, químicas ou biológicas, de tal forma que um lote do alimento possa ser rastreado em toda cadeia alimentar caso haja alguma suspeita de algum tipo de contaminação.

A ISO – International Organization for Standardization publicou a norma técnica ISO/TS 22002-1:2009, intitulado "Programas de Pré-Requisito Sobre Segurança Alimentar, parte 1: Fabricação dos Alimentos. A norma especifica requisitos quanto a elaboração, implementação e manutenção de programas pré-requisito (PRP) para monitorar os riscos de segurança alimentar. Norma ISO/TS 22002-1:2009 é aplicável a todas as organizações, independentemente do tamanho ou complexidade, que estão envolvidas na fabricação de todas etapas da cadeia alimentar e deseja implementar o PRP de forma a atender aos requisitos especificados na norma ISO 22000:2005.

22002 ISO/TS-1:2009 especifica requisitos detalhados para ser considerado especificamente em relação a ISO 22000:2005, 7.2.3:


Vejamos:


a) construção e disposição dos edifícios e utilitários associados;
b) layout das instalações, incluindo as instalações do espaço de trabalho e do trabalhador;
c) fornecimento de ar, água, energia e outros utilitários;
d) com suporte a serviços, incluindo a eliminação de resíduos e das águas residuais;
e) a adequação dos equipamentos e a sua acessibilidade para limpeza, manutenção e manutenção preventiva;
f) a gestão dos materiais adquiridos;
g) medidas para a prevenção da contaminação cruzada;
h) limpeza;
i) pragas;
j) higiene pessoal.


Além disso, a norma ISO/TS 22002-1:2009 acrescenta outros aspectos considerados relevantes para operações de fabricação:


1) retrabalho;
2) procedimentos de recall do produto;
3) warehousing;
4) informações e consumidor sensibilização do produto;
5) defesa dos alimentos, biovigilance e bioterrorismo.

Anexo X - Registros de Alimentos - Anvisa

CONHECENDO A ECOMAX 400

LAVANDO LOUÇAS - ECOMAX 500

Peças de Reposição ECOMAX 500

Ecomax 500
 powered by GoBookee.net

Videos

Loading...

Postagens populares